Quais Redes Sociais Sua Empresa Precisa Estar Ativa

Então, você administra um negócio e está pronto para iniciar o marketing de mídia social. A primeira pergunta em sua mente é provavelmente: em quais redes sociais meu negócio deveria estar?

Boa pergunta - e é a primeira coisa que sua empresa precisa considerar ao criar uma presença na mídia social. É diferente para cada tipo de negócio e indústria, pois cada um tem necessidades e necessidades diferentes em redes diferentes.

Neste artigo, analisaremos em quais redes sociais os diferentes tipos de empresas devem estar ativos. Você encontrará uma lista de diferentes tipos de empresas abaixo; Clique em qualquer uma dessas indústrias e você verá alguns parágrafos que discutem em quais redes sociais as empresas devem estar ativas.

Aqui está a lista:

Vamos lá!

Empresas de Software

As empresas de software devem estar em três principais redes sociais: Twitter, LinkedIn e Facebook. Estar no Twitter permite comercializar para um público mais avançado e fornecer suporte instantâneo ao seu público. Você pode cuidar de problemas simples de suporte via DM e criar tickets para problemas mais detalhados que exigem assistência do desenvolvedor.

Além disso, o LinkedIn é ótimo para empresas de software profissionais. Recrute novos membros para a equipe, entre em contato com outros profissionais e até mesmo gere anúncios lucrativos no LinkedIn para promover seu produto para profissionais com grandes orçamentos corporativos e necessidade de novos softwares.

As empresas de software B2B devem gostar especialmente do LinkedIn. Estudos mostram que 74% dos compradores de serviços B2B esperam que os profissionais de vendas ofereçam novos insights antes de fazer uma grande compra. Peça à equipe de vendas que publique essas informações no LinkedIn da sua empresa para atrair clientes e tornar uma grande venda B2B mais perfeita.

Além disso, considere a possibilidade de executar um grupo do Facebook para o seu software. Isso dará a seus usuários um ambiente fechado para discutir tópicos em seu setor, dicas para usar seu software ou até mesmo alertar seus desenvolvedores sobre novos bugs. Precisa de inspiração? Confira nosso grupo no Facebook - o grupo de Marketing de Mídia Social.

Boutiques e empresas de moda

As empresas de moda devem usar o Pinterest, o Instagram e o Facebook ao máximo. O Pinterest é uma espécie de mecanismo de busca de moda: 1 em 2 millennials usam a rede para encontrar novos looks e inspirar roupas. Na verdade, o pinterest tem um enorme retorno do investimento para as empresas que a utilizam, muitas vezes superando todas as outras redes sociais.

O Instagram também é uma venda simples: as marcas de moda - e suas contra partes boutique - podem compartilhar fotos incríveis de seus produtos na rede. Para pontos de bônus, veicule anúncios no Instagram para colocar sua roupa na frente de novos públicos.

Sua marca também pode querer considerar a execução de uma campanha de marketing do influenciador do Instagram para seus produtos. Em suma, é quando você faz parceria com um influenciador em sua indústria (neste caso, moda) para postar sobre seus produtos.

Isso coloca seus produtos diante de novos olhos e permite que você construa a confiança de seu influenciador. Afinal, se eles amam seus produtos, é provável que seus seguidores também gostem! Apenas certifique-se de manter essas questões legais em mente ao executar sua campanha.

Finalmente, o Facebook é importante também para as marcas de moda. É a rede social mais utilizada e se integra fortemente ao Instagram. Você pode postar suas fotos aqui, exibir anúncios e responder às perguntas do cliente sobre ajuste e dimensionamento.

Restaurante e cafés

Os restaurantes devem concentrar seus esforços no Google Meu Negócio, no Facebook e no Instagram. O Google Meu Negócio é a mini-rede social anexada ao Google Maps. Você pode postar links, fotos e atualizações de status diretamente na sua página do Google Maps, atraindo seus clientes e mantendo-os atualizados com promoções e vendas. Também verifique se o seu número de telefone, horas e outras informações estão atualizadas também!

Além disso, o Facebook está se tornando cada vez mais importante para restaurantes, e mais de 70% dos restaurantes já estão no facebook! O novo recurso de recomendações da rede permite que os usuários recomendem novos restaurantes e empresas locais para seus amigos, criando confiança em seu restaurante.

Mas não é apenas confiança. Quanto mais recomendações um restaurante tiver, maior será a probabilidade de aparecer nos resultados de pesquisa local do usuário local. Então, com isso em mente, incentive seus fãs obstinados a publicar recomendações sobre seu restaurante e colher os benefícios do aumento do alcance.

Finalmente, poste fotos da sua comida no Instagram. Parece piegas, mas as fotos de glamour de alimentos funcionam como um portfólio para sua comida, por isso incentive seus chefs a tirar fotos de seus pratos principais. Para maior valor, use as Stories para postar suas especialidades diárias e novos pratos.

Seus clientes também farão fotos de Instagram de sua comida - na verdade, dados recentes mostram que 23% dos usuários do Instagram fotografam seus alimentos. Aqui está uma lista dos alimentos mais fotografados nas mídias sociais - veja se suas especialidades fizeram o corte.

Serviços profissionais

Empresas de serviços profissionais só precisam estar em um só lugar: o LinkedIn.

Por que é isso? Simples: o LinkedIn é usado apenas por profissionais que querem comprar e fazer conexões, para que seu tempo e esforço não sejam desperdiçados no público errado. Comece a postar novamente sua liderança de pensamento e estenda seus novos leads na rede hoje mesmo. É fácil de fazer e provará ser um esforço lucrativo ao longo do tempo.

No entanto, as empresas de serviços profissionais inteligentes também devem usar o Google My Business e o Instagram em seu benefício.

Empresas profissionais podem usar o Google Meu Negócio para melhorar sua presença na pesquisa. Faça isso adicionando uma seção detalhada ao seu feed e atualizando o número de telefone do contato e os endereços do escritório. Dessa forma, seus clientes sabem como encontrá-lo e entrar em contato diretamente com o mecanismo de pesquisa.

Mas por que o Instagram? A rede não é apenas para fotos de comida e selfies. Mais de 80% das empresas estão na rede, e você pode apostar que os serviços profissionais não estão ignorando isso. Publique notícias da empresa, solicita recrutamento, cotações e anúncios da empresa para o Instagram. Isso torna a cultura da sua empresa pública e coloca um rosto amigável em sua empresa.

Blogs e publicações

É essencial que os blogs e outras publicações estejam nas mídias sociais. Na verdade, 78% dos adultos dos EUA entre 18-49 usam as mídias sociais para receber suas notícias. No Brasil, o número é ainda maior, sendo 85% dos adultos brasileiros com pelo menos uma rede social. E não são apenas os jovens: 55% das pessoas com mais de 50 anos receberam suas notícias nas mídias sociais em agosto de 2017, em alta de 45% no ano anterior.

Publicações devem ser postadas no Twitter, Facebook e LinkedIn para alcance máximo. Mais pessoas do que nunca usam o Twitter para obter suas notícias diárias, então certifique-se de que seu blog também esteja lá para participar do noticiário diário.

Em uma nota semelhante, jornais e marcas locais devem levar o Facebook muito a sério. A rede social anunciou recentemente que está dando às fontes de notícias locais uma vantagem sobre o algoritmo Newsfeed como parte de seu esforço para trazer mais conteúdo local para a rede. Isso significa que seus artigos serão vistos com mais frequência, aumentando ainda mais seu tráfego.

Finalmente, publicações profissionais e blogs de liderança de pensamento devem estar no LinkedIn. Como discutido anteriormente, é nesse ponto que o público profissional já procura conteúdo profissional e comercial novo e interessante.

Melhor ainda, há muito espaço para aumentar seu conteúdo no LinkedIn. Apenas 3 milhões de usuários do LinkedIn publicam conteúdo semanalmente, mas esse conteúdo recebe 9 bilhões de impressões insanas a cada semana. Isso significa que menos de 1% dos usuários estão obtendo todo o alcance, gritando "oportunidade" para qualquer publicação.

Web stores e e-commerce

Web stores devem estar no Instagram, Facebook, Pinterest e Twitter. O Instagram, para as boutiques e as marcas de moda, pode ser usado para mostrar belas fotos de seus produtos com fotos glamurosas. Isto é especialmente importante para empresas completamente virtuais sem uma presença física, pois atua como um showroom virtual.

Também recomendamos o uso de anúncios do Facebook para comercializar seus produtos. Você pode segmentar com precisão seus anúncios do Facebook para colocar seus produtos na frente do público-alvo da sua marca, para que você nunca desperdice o dinheiro dos anúncios em marketing para o público errado.

Como as empresas de moda, as lojas online devem publicar no Pinterest também. Quer se trate de fotos de seus próprios produtos ou coisas que você está revendendo, você pode vincular a seus produtos e postar fotos deles para sua página Pinterest para um espaço na pesquisa do Pinterest. Apenas certifique-se de colocar seu SEO do Pinterest em primeiro lugar!

Além disso, o Twitter é importante para marcas virtuais e lojas online de suporte. É o primeiro lugar para o qual muitos usuários de mídia social recorrem quando enfrentam problemas de suporte técnico e produtos, portanto, certifique-se de que sua marca esteja presente para ajudar e fechar a venda.

Bem-vindo ao marketing de mídia social!

Pronto: as redes sociais nas quais você precisa estar. Agora que conheça as redes, crie suas contas e receba postagens usando o Social Report. O Social Report facilita para os profissionais de marketing e proprietários de empresas postarem nas mídias sociais e acompanhar o crescimento e as conversões.

Como gerir mídia social para o seu negócio? Use o Social Report para acelerar seus posts.